ÁREA RURAL - FRAÇÃO IDEAL DE 1,20 ALQUEIRES - TAQUARITINGA / SP

ÁREA RURAL - FRAÇÃO IDEAL DE 1,20 ALQUEIRES - TAQUARITINGA / SP

Modalidade: Online
Local do leilão: ON LINE
Leilão: Judicial
ID: 164
Data Abertura Fechamento
1ª Praça 08/01/21 às 11h30 11/01/21 às 11h30
2ª Praça 11/01/21 às 11h30 01/02/21 às 11h30

Lote 1 - ÁREA RURAL - FRAÇÃO IDEAL 1,20 ALQUEIRES - TAQUARITINGA

  • Processo:0002516-25.2015.8.26.0274
  • Vara:1ª VARA CÍVEL FÓRUM ITÁPOLIS
  • Exequente:COOPERATIVA DE CRÉDITO CREDICITRUS
  • Executado:AGRÍCOLA EMPREITEIRA RURAL LTDA E OUTROS

Descrição completa do lote:


BEM: FRAÇÃO IDEAL CORRESPONDENTE À 1,20 ALQUEIRES PERTENCENTE AOS EXECUTADOS LUIZ OTÁVIO RANGEL E ETHEL CLISSIE DE SANTANA RANGEL DO IMÓVEL MATRÍCULADO SOB Nº 24.627 DO CARTÓRIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS DE TAQUARITINGA QUE ASSIM SE DESCREVE: O REMANESCENTE do imóvel objeto da presente Matrícula ficou constituído da seguinte forma: UMA ÁREA DE TERRAS, aqui denominada de ÁREA REMANESCENTE, dentro das medidas e confrontações seguintes:  inicia-se no marco 1, encravado na divisa com a Rodovia SP-333 (Km 131 +  540,46 metros, sentido Itápolis-Ribeirão Preto), José Carlos Bedim e a área em questão, daí; segue com rumo 35°06’15”NW numa distância de 277,90 metros, vai ao marco 2, daí; segue com o rumo 39°20’58”NW numa distância de 33,47 metros, vai ao marco 3, daí; segue com o rumo 54°42’51”SW numa distância de 216,68 metros, vai ao marco 4, daí; segue com o rumo 25°32’09”NW numa distância de 489,29 metros, vai ao marco 5, daí; segue o Córrego Santa Cruz das Laranjeiras, no sentido de sua jusante com o rumo de 37°46’42”NE numa distância de 135,48 metros, vai ao marco 30, daí; segue com o rumo 36°09’20”NW numa distância de 320,48 metros vai ao marco 36, daí; segue com o rumo 32°27’17”SW numa distância de 51,49 metros, vai ao marco 8, confrontando até aqui com a Área Desmembrada (Matrícula nº 32.634); daí; segue com o rumo 56°00’21”NW numa distância de 115,13metros, vai ao marco 9, daí; segue com o rumo 28°43’44”NE numa distância de 190,93 metros vai ao marco 10, confrontando até aqui com o imóvel descrito na Matrícula nº 1.224, daí; segue com o rumo 61°25’04”SE numa distância de 39,82 metros, vai ao marco 11, daí; segue com o rumo 59°26’58”SE numa distância de 85,44 metros, vai ao marco 12, daí, segue com o rumo 30°46’45”NE numa distância de 214,93 metros, vai ao marco 13, confrontando até aqui com a Sub-Estação Laranjeiras, pertencente à Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), daí; segue com rumo 59°09’06”SE numa distância de 333,08 metros, vai ao marco 14, localizado no Córrego Santa Cruz das Laranjeiras, confrontando com Hermes Domingos Marcon e s/m, daí; segue o Córrego Santa Cruz das Laranjeiras, no sentido de sua jusante com o rumo de 09°26’10”NE numa distância de 125,14 metros, vai ao marco 15, daí; ainda segue o Córrego no sentido de sua jusante com o rumo de 12°53’24” NE numa distância de 226,36 metros, vai ao marco 16, confrontando ainda com Hermes Domingos Marcon e s/m, daí; sai do Córrego e segue com o rumo 70°26’02”SE numa distância de 589,29 metros, vai ao marco 17, daí; segue com o rumo 12°18”18”SW numa distância de 688,40 metros, vai ao marco 18, confrontando até aqui com a Usina Açucareira de Jaboticabal S/A, daí; segue com o rumo 67°00’00”NW numa distância de 482,90 metros, vai ao marco 20F, daí; segue com o rumo 47°45’00”NW numa distância de 73,50 metros, vai ao marco 20E, daí; segue com o rumo 49°58’14”SW numa distância de 185,82 metros, vai ao marco 28, daí; segue com o rumo 5°23’18”SW numa distância de 98,41 metros, vai ao marco vinte D (20D), daí; segue com o rumo 35°00’00”SE numa distância de 95,50 metros, vai ao marco 20C, daí; segue com o rumo 90°00’00” e numa distância 154,00 metros, vai ao marco 20B, daí; segue com o rumo36°00’00”SE numa distância de 588,00  metros, vai ao marco 20ª (Km 131 + 421 metros da Rodovia SP-333, sentido Itápolis-Ribeirão Preto), confrontando até aqui com o imóvel descrito na Matrícula nº 19.164, daí; segue com o rumo 57°38’08”SW numa distância de 119,46 metros, vai ao marco inicial 1, confrontando com a Rodovia SP-333, perfazendo uma área de 75,1766 hectares, ou 31,0647 alqueires . Ficando dividida na seguinte proporção: 1) 8,922217 alqueires ou 21,591766 hectares ao ESPÓLIO DE HONORINA DE SOUZA GAGLIARD, 2) 2,222825 alqueires à VERA LÚCIA GAGLIARDI, 3) 2,222825 alqueires à APPARECIDA GAGLIARDI, 4) 2,222825 alqueires à LUZIA GAGLIARDI DE OLIVEIRA, 5) 2,222825 alqueires a FRANCISCO GAGLIARDI e s/m SHIRLEY APARECIDA COSTA GAGLIARDI, 6) 2,222825 alqueires a NAPOLEÃO GAGLIARDI e s/m MARIA AMÉLIA GOUVEIA GAGLIARDI, 7) 2,222825alqueires a MARIA THEREZINHA GAGLIARDI DE PAIVA e s/m SANTOS BORGES DE PAIVA, 8) 2,222825 alqueires a LEONOR GAGLIARDI NOGUEIRA e s/m WALTER PASSOS NOGUEIRA, 9) 5.3827 ALQUEIRES à ENGEFRA TOPOGRAFIA COMÉRCIO E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS LTDA-ME e 10) 1,20 alqueires a LUIZ OTÁVIO RANGEL e s/m ETHEL CLISSIE DE SANTANA RANGEL.

AVALIAÇÃO: R$ 158.135,00 para janeiro de 2019, valor referente a fração ideal correspondente à 1,20 alqueires, Laudo juntado às fls. 130/196 nos autos da Carta Precatória processo nº 1003907-25.2018.8.26.0619.

O imóvel será vendido no estado de conservação em que se encontra, sem garantia, constituindo ônus de o interessado verificar suas condições, antes das datas designadas para a alienação judicial eletrônica.

 

ÔNUS: Consta na referida matrícula conforme AV.25 – Penhora de 100% do referido imóvel em favor de Eliel Maia Coimbra, oriunda da Ação Trabalhista nº 0010809-13.2016.5.15.0142. AV.28 e AV.29 – Indisponibilidade dos bens de Ethel Clissie de Santana Rangel e de Luís Otávio Rangel, oriunda da Ação Trabalhista nº 0010791-48.2014.5.15.0049. AV.30 - Indisponibilidade dos bens de Luís Otávio Rangel, oriunda da Ação Trabalhista nº 0011433-84.2015.5.15.0049. AV.31 – Penhora em favor de Cooperativa de Crédito Credicitrus oriunda da Ação de Execução de Título Extrajudicial processo nº 0005667-45.2015.8.26.0291. AV.33 - Indisponibilidade dos bens de Luís Otávio Rangel, oriunda da Ação Trabalhista nº 0011612-18.2015.5.15.0049. Não contam nos autos haver recurso ou causa pendente de julgamento.

Edital do leilão
Formas de pagamento

DO VALOR MÍNIMO DA VENDA DO BEM – No primeiro pregão o valor mínimo para a venda do bem será o valor da avaliação judicial atualizada que corresponde a R$ 168.599,00 (outubro/2020). No segundo pregão, o valor mínimo para a venda do bem corresponderá a 50% do valor atualizado da avaliação judicial correspondente à R$ 84.299,50 (outubro/2020).

LANCES: O sistema da IMPACTO LEILÕES diferencia lances à vista de lances parcelados, ou seja, o sistema aceitará lances na condição parcelada somente se não houver lances à vista. A partir do momento que for recebido um lance à vista os lances na forma parcelada não serão mais recebidos, no entanto, o participante poderá alterar a forma de pagamento a qualquer momento para permanecer na disputa.

PAGAMENTO E CONDIÇÕES DE VENDA: O arrematante efetuará o pagamento à vista ou parcelado.  

Pagamento à vista: O depósito deve ser efetuado no prazo de até 24hrs do encerramento do leilão, através de guia de depósito judicial remetido ao R. Juízo do processo.

Pagamento parcelado: Depósito do sinal igual ao superior a 25% do valor do lance vencedor, no prazo de 24hrs do encerramento do leilão, através de guia de depósito judicial remetido ao R. Juízo do processo, e o restante em até 30 parcelas*, corrigidas mensalmente pelo índice do TJSP e garantido por caução idônea (no caso de bens móveis), e pela hipoteca do próprio bem (no caso de bens imóveis), ficando esta forma de pagamento sujeito a apreciação da M.M Juíza da causa, ficando desde já consignado que proposta de pagamento do lance à vista sempre prevalecerá sobre as propostas de pagamento parcelado, ainda que mais vultuoso. (Art. 895, §1, §2, §4, §5, §6, §7, §8, e §9 do NCPC). Os interessados em adquirir o bem penhorado em prestações poderão presentar: (i) até o início da primeira etapa, proposta por valor não inferior ao da avaliação, (ii) até o início da segunda etapa, proposta por valor que não seja inferior a 50% do valor de avaliação atualizado. Decorrido o prazo sem que o arrematante tenha realizado o depósito do preço ou do sinal, tal informação será encaminhada ao M.M Juízo competente para aplicação das medidas cabíveis.

COMISSÃO: A comissão devida ao Gestor será de 5% sobre o valor da arrematação, que deverá ser paga no prazo de 24 horas do encerramento do leilão, através de DOC/TED na conta do gestor a ser informada, comissão esta não incluída no valor do lance vencedor (artigo 17 do Provimento CSM n. 1625/2009), que será paga pelo arrematante, e não será devolvida nenhuma hipótese, salvo se a arrematação for desfeita por determinação judicial ou por razões alheias à vontade do arrematante e, deduzidas as despesas incorridas.

Andamento
1ª Praça: 11/01/2021 às 11:30 R$ 168.599,00
2ª Praça: 01/02/2021 às 11:30 R$ 84.299,50
Avaliação:
R$ 158.135,00
Incremento mínimo:
R$ 2.000,00
-7% Abaixo da Avaliação
Visitas:
69

Últimos lances:

Usuário Valor Data Tipo
Sem lances para exibir

Compartilhe esta oportunidade: